Estréia confirmada!Sesc Consolação em Outubro!

Podem marcar na agenda!

O espetáculo Nada de Dois - Seis Duelos Verbais estréia no dia 04 de outubro no Sesc Consolação!

A temporada de estréia é de 04 de outubro à 09 de novembro todas as segundas e terças às 21:00 hrs!Convidamos a todos os amigos para marcar presença nesta estréia e dividir conosco esta alegria.Podem divulgar!

Para saber mais sobre o espetáculo acesse: www.wix.com/nadadedois/obra

SESC Consolação apresenta
Nada de Dois – Seis Duelos Verbais
De Pedro Mexia
WWW.WIX.COM/NADADEDOIS/OBRA 
 
Texto inédito no Brasil e em Portugal do crítico do jornal “Público” e subdiretor da Cinemateca Portuguesa é dirigido por Freed Mesquita (Senhora dos Afogados/A Falecida - direção: ANTUNES FILHO) e propõe jogo em que o público escolhe as cenas e se torna parte integrante do espetáculo.
 
"Nada de Dois é um confronto com a natureza tragicômica das relações amorosas. Um casal , o seu passado comum e presente irreconciliável, em seis duelos verbais intimistas e ambíguos."
 
Com um tema atual e universal, a conflituosa relação homem/mulher, Nada de  Dois – Seis Duelos Verbais, encenação inédita, tanto no Brasil como em Portugal, do texto do crítico do jornal português “Público” e subdiretor da Cinemateca Portuguesa, Pedro Mexia, estreia no dia 4 de outubro, no Espaço Beta do SESC Consolação, como parte do projeto Primeiro Sinal. A programação também inclui dois workshops com Pedro Mexia.
Sob a direção do ator e diretor Freed Mesquita (Senhora dos Afogados/A Falecida), Nada de Dois – Seis Duelos Verbais, além de apresentar ao público brasileiro um autor português contemporâneo, pretende quebrar com as regras convencionais do palco italiano, trazendo o público para a encenação, não só como parte integrante do espetáculo, mas também como aquele que determina o rumo que a peça irá tomar.
“Nossa ideia foi a de realizar uma encenação que interagisse com o público de forma que ele não fosse mais um mero espectador a contemplar aquilo que se passa na sua frente, mas pudesse interferir diretamente na ação dos atores e no futuro das personagens”, explica Freed Mesquita. “Para isso, no começo de cada apresentação, o público será convidado a separar-se por gênero (masculino e feminino), em arquibancadas que ficam em lados opostos do espaço cênico, e sorteará três das seis cenas que fazem parte do espetáculo para serem encenadas. Mas não existirá nenhuma obrigação nesta separação. Se alguma pessoa se identificar mais com o outro personagem, ela poderá mudar de lado, inclusive durante o espetáculo”, completa o diretor.
Para que este jogo seja possível, a disposição da sala será diferente do habitual palco e plateia. Não há nenhum tipo de barreira ou fosso entre público e atores. Este espaço também é despojado de cenário, se utilizando apenas de alguns adereços que agem como símbolos da vida cotidiana e demarcações no piso delimitando algumas áreas.
“Na fase na qual nos encontramos, onde grandes autores são escassos e por isso os clássicos são eternamente montados, um texto como Nada de Dois ganha suma importância, não apenas como contraproposta em relação a maioria das dramaturgias brasileiras encenadas, mas, também, como um meio de troca cultural entre dois países tão intrinsecamente ligados, como Brasil e Portugal.
Uma das motivações do projeto é aumentar as referências brasileiras quando se fala de dramaturgos portugueses, mostrar que em Portugal existe mais do que os excelentes Gil Vicente (1465), Luís Vaz de Camões (1524) ou Almeida Garrett. Existem, neste momento, novos escritores tão qualificados quanto e que ainda são desconhecidos pelo público e leitores brasileiros. Nesse sentido, esperamos contribuir com a diversidade cultural e ao mesmo tempo apresentar e difundir os novos dramaturgos portugueses”, finaliza Freed Mesquita.
 
Sobre o Primeiro Sinal
Primeiro Sinal tem como proposta abrir espaço para grupos emergentes, novos artistas, diversidade estética e experimentações de novas linguagens. É apresentado no SESC Consolação desde o mês de junho de 2010.
 
Sinopse
Nada de Dois acompanha o percurso da relação romântica do casal Vasco e Joana, desde a noite em que se conheceram até o reencontro depois do divórcio. As seis cenas que compõem a peça são episódios da sua vida conjugal, muitas vezes conflituosa, que demonstram o caráter tragicômico da sua relação. Vasco e Joana funcionam como um espelho de cada um de nós numa sociedade contemporânea, onde o valor do amor e de uma relação a dois é, demasiadas vezes, subvalorizado.
 
Ficha Técnica
Autor: Pedro Mexia
Direção: Freed Mesquita
Elenco: Messias Carvalho e Mirela Pizani
Musica: Rodrigo Basso
Luz:Freed Mesquita
Cenário e Figurino: Freed Mesquita e elenco
 
Estreia: Dia 4 de outubro de 2010. Segunda, às 21h.
Temporada: de 4 de outubro a 9 de novembro. Segundas e terças, às 21h. (exceto nos feriados de 12 de outubro e 2 de novembro).     Duração: De 50 a 70 minutos (conforme sorteio de cenas).
Recomendação etária: 12 anos
Número de lugares: 60
Espaço Beta – 3º andar.

SESC Consolação
Rua Doutor Vila Nova, 245
Fone: 3234-3000
--------------------------------------------------
Assessoria de Imprensa:

Rita Solimeo Marin
Tel: 3234-3043

 

O projeto “Ática Jovem" tem como objetivo abrir as portas dos processos de produção e criação artística da Cia Ática para jovens e iniciantes no teatro que buscam aperfeiçoamento e formação para se inserirem neste circuito tão competitivo, seja no palco, ou mesmo nas áreas técnicas de produção de um espetáculo de teatro.

saiba mais sobre este projeto e conheça nosso corpo de aprendizes clicando aqui!

 

Nossos Parceiros: